sábado, 30 de abril de 2005

Special Status for Refugees in North Uganda

A ler: Special Status for Refugees in North Uganda.

As preocupações e esforços das comunidades religiosas do Uganda em relação aos campos de refugiados no norte do país (onde uma guerra civil tem colocado a população civil como alvo de terríveis atrocidades). Por vezes esquecemo-nos do que se passa noutros lugares do mundo e das preocupações de quem lá vive...

4 comentários:

Ronnie disse...

Allah'u'Abha.

thanks man, i see you are using Blogger for the Faith as well :)

Good luck with all your spiritual endeavours

Greetings from London

Ronnie:)

Anónimo disse...

Não se trata de esquecer ou de não querermos saber ou de estarmos "nas tintas".
Mas antes questionarmos, o que podemos fazer?
Até onde vai o poder de ingerência? E com que legitimidade? E quem está disposto a morrer em terra alheia, só para resultar em benefícios alheios?

João Moutinho

Marco disse...

Que tal uma Nova Ordem Mundial com uma ONU eficiente e forte para resolver estes casos?

Anónimo disse...

A resposta será unânime.
Todos concordamos com a refundação da ONU e com um acrescento de legitimidade (não legalidade) das sua acções.
Mas como fazê-lo?
Sejamos realistas, no plano ideológico todos concordamos em apoiar os países em vias de desenvolvimento, mas quando se trata de abrir os nossos mercados aos texteis, arroz e outro produtos desses países como reagímos?
A ONU, com todos os seus defeitos, tem sido uma benção para a raça humana.
Há um poder excessivo dos cinco paíse membros permanentes do Conselho de Segurança mas se o número for alargado pode ocorrer uma perca de efeiciência na tomada de resoluções.
Não é simples,...Ainda estamos a construir a sapata do edifício, apesar de os pisos superiores ja funcionarem.
Por fim ia sugerir que neste blog fosse referida (penso que uma vez mais) a Epístola de Bahá'u'lláh á Rainha Vitória.
A solução afinal até é simples, dirigirmo-nos para o "Senhor dos Exércitos".

João Moutinho