domingo, 16 de outubro de 2005

Liberalismo ou Irresponsabilidade Social?

Lucros do Millennium BCP atingem 546,4 M€ graças a mais-valia

Lucros do Millennium BCP crescem 17,8% até Setembro

BCP admite que quer dispensar trabalhadores

BCP tem excesso de pessoal e pretende reduzir com pré-reformas e rescisões

Deverá o lucro ser o único objectivo de uma empresa? Que lugar ocupa o bem-estar dos empregados nos interesses da empresa? O que adianta as empresas ficarem cada vez mais ricas, se a população vai empobrecendo?

7 comentários:

Pedro Reis disse...

Isto é um assunto bastante triste...

Eu não sou propriamente um escravo do emprego, mas vejo com tristeza que muita gente vive em escravatura sob o domínio do modelo ocidental capitalista, cada vez mais selvagem.
É, o paradoxo da questão é que, parece-me a mim, o fim do capitalismo irá acontecer com a extinção do seu predador, ou inimigo (como lhe queiram chamar), comunismo.
Após a queda da URSS a sociedade capitalista ocidental entrou em movimento uniformemente acelerado de degradação, o qual culminará quando o outro colosso comunista, a China, deixar de o ser. À imagem e semelhança dos EUA e URSS, como modelos sociais de vida, já caiu um, cairá o outro.
Não me esqueço das palavras do pai de uma ex-namorada minha, um Americano - "a nossa sorte tem sido a China ser comunista!"

Nunca cheguei a saber se na URSS realmente comiam criancinhas ao pequeno almoço, mas sei que na nossa sociedade dita ocidental, metaforicamente falando, isso é uma practica regular... para bom entendedor meia palavra basta.

A dúvida é, qual é a alternativa?

F Cirilo disse...

Imagino aquela malta com 55 anos (idade em que muitos têm filhos na Universidade ou perto dela) depois de vários anos de dedicação a levar um chuto no traseiro como prémio da sua dedicação! E os que têm 50 anos já devem estar a imaginar o que lhes vai acontecer daqui a conco anos!
Vale a pena trabalhar para um grande banco privado português, não haja dúvida!
Se queria cortar na folha de pagamentos, que reduzissem nos administradores. DEpois vão lá fazer contribuições para a Oikos para lhes aliviar a consciência!

daniel tecelão disse...

Quando o muro de Berlim caiu, assim como os seus mitos,o capitalismo tomou o freio nos dentes,o contraponto tinha-se finado.
Veremos qual a capacidade que teremos para suportar o aperto da tarracha!!!

João Moutinho disse...

Pois é meus caros, isto não está nada fácil.
Todos colocam o dedo na ferida.
Quando a URSS caíu havia um modelo alternativo que saíu vitorioso só que aparentemente não há modelo alternativo a este...
Mesmo aquelas manifestações anti G8 é malta a dizer que está mal mas não sabe dizer qual a alternativa credível.
talvez este blog no dê umas luzinhas de como levar este barco (o Planeta Azul) a bom porto.

Marco disse...

Moutinho,
"talvez este blog nos dê umas luzinhas"
Não me estás a ver como algum iluminado, pois não?
Como já escrevi aqui, a religião baha'i não tem uma solução milagrosa para os problemas da humanidade. Tem umas perguntas bem formuladas e umas boas linhas gerais de orientação.

Sobre o tema deste post: ainda hoje os jornais noticiam que Portugal é dos países da Europa onde existe uma maior diferença entre ricos e pobres.

ELCAlmeida disse...

Lampião com os pés bem assentes na terra, porque ainda nem chegámos ao primeiro terço do Campeonato e três ou cinco pontos nesta altura não é nada, saberia o que responder.
Mas razões profissionais levam-no a estar calado e tomar um calmante tipo laxativo para dizer o que é ao fazer.
Um abraço
Eugénio Almeida

sahba disse...

simplesmente queria aplaudir a tão bem feita mostra desta dicotomia manifesta, mas geralmente oculta. sahba.