sexta-feira, 7 de julho de 2006

Escola das Nações, Macau

O que levaria o Departamento de Educação de Macau – actualmente uma Região Administrativa Especial da China – a doar à Escola das Nações um terreno com 2500 metros quadrados? Este terreno situa-se entre o court de ténis do Hyatt e o estacionamento de um Templo Budista, e será o local de construção do novo edifício desta escola.

Para o director da Escola, Dr. Saba Payman, o gesto do Governo de Macau é um sinal de respeito e reconhecimento. "O governo viu o que temos estado a fazer e o que queremos fazer" afirmou. A maior parte das escolas em Macau foca as suas actividades nos aspectos intelectuais do ensino; a Escola das Nações é considerada como pioneira na área de desenvolvimento moral e pessoal, ao incluir nos seus planos de estudos um Programa de Desenvolvimento de Carácter. Em 1998, a Escola recebeu prémios locais e internacionais devido à sua inovação curricular.

"As pessoas escolhem a nossa escola devido à ênfase que colocamos no desenvolvimento da pessoa como um todo", explica o Dr. Payman. "A nossa principal preocupação é que os estudantes desenvolvam interesses e hábitos que ultrapassem os seus interesses pessoais, e que se envolvam com as necessidades e os problemas que os outros enfrentam no dia a dia."

O apoio a idosos faz parte do Programa de Desenvolvimento de Carácter,
na Escola das Nações

O Programa de Desenvolvimento de Carácter centra-se no desenvolvimento de competências, hábitos e atitudes e na sua execução prática em diversos actos de serviço à comunidade. Conceitos como responsabilidades e contribuições como membro de uma família, unidade na diversidade, cidadania mundial, e consulta são ensinados na sala de aula. Com o passar do tempo, estes actos tornam-se um modo de vida. Segundo o Dr. Payman, "esta atitude de serviço não é apenas essencial para o desenvolvimento do potencial do indivíduo, mas é também uma força necessária ao melhoramento da sociedade".

Mas o desenvolvimento da Escola nem sempre foi fácil. "Inicialmente, o facto da escola ser de inspiração Baha'i foi um verdadeiro desafio. As pessoas ficavam algo desconfortáveis com a ideia. Agora a Escola é altamente considerada e respeitada. As pessoas vêem que a Escola teve um impacto no desenvolvimento do carácter dos jovens."

Professores e funcionários da Escola das Nações

"A educação pública em Macau é gratuita. Mas o facto de termos recursos financeiros limitados e das nossas actuais instalações deixarem muito a desejar, e apesar de haver muita competição por parte de outras escolas, as pessoas ainda continuam a pagar para que os seus filhos frequentem a Escola". A Escola das Nações é uma das três escolas de Macau que cobra propinas, e mesmo assim tem 90% das vagas preenchidas.

"No fundo, desejamos tornar-nos um exemplo daquilo que a Fé Bahai se esforça por fazer", afirma o Dr. Payman. "Desejamos muito ser vistos como uma luz na promoção da educação académica e espiritual".

---------------------------------------
Notícia original (BWNS): School of the Nations, Macau, receives land grant from government

4 comentários:

Mikolik disse...

Um dia todas as escolas vão ser assiml, ou muito parecidas.

Como eu gostava de ter uma escola destas cá em Portugal para os meus putos!

f_cirilo disse...

Isto parece escola para miúdos ricos. Mesmo assim, no que toca aos programas pode-se perguntar porque é que não há nenhuma escola pública assim.

Até imagino as respostas: "Ah ... e tal... é o sistema... sabes como é..."

Elise disse...

Estes posts enchem a alma!

Bem haja!

Marjan N disse...

I'm jealous of those in the pic. teaching is a very good job.
my cousin was one of those in the pic too and it makes this even more interesting for me ;D
take care,
marjan