sexta-feira, 4 de agosto de 2006

O Deus dos Privilegiados

Algumas das notas breves, sob o título "O Deus dos Privilegiados", de José Luis Cortés, no seu livro Um Deus chamado Abba.
----------------------------------------------


  • Que imagem de Deus podem ter aqueles que, em nome de Deus, abusam da sua força (sejam as vítimas camponeses, bispos ou prisioneiros)?

  • Esta imagem do Deus aristocrata que está do lado dos ricos e dos poderosos é, de todas as falsas imagens de Deus, a que mais indigna aqueles que procuram Deus com o coração despojado. É a que mais urgentemente incita à revolta, abençoada ou não abençoada.

  • Deus não está com os ricos, mas também não está com os pobres. Menos ainda se no conceito de pobre entra o rancor, a ânsia de possuir o que não se tem, o egoísmo indiferente que existe entre muitos pobres

  • Pobres dos que se sentem eleitos de Deus! Pobres dos que crêem que os seus males são uma prova do Senhor!

  • Atenção profetas sociais: saber descobrir o bem pode ter tanto ou mais mérito que denunciar o mal.

  • De qualquer maneira, Deus deve-nos uma explicação em relação a alguns casos verdadeiramente intoleráveis de dor humana.
  • 1 comentário:

    Aryanna disse...

    Ola Marco!
    Vi um comentario seu no blog do meu amigo que é um bahá'í do Brasil e resolvi passar no seu blog.
    Também sou bahá'í e morava no Brasil mas agora estou nos estados unidos.
    Sobre o título... achei interessante esse texto. Acho que é facíl ver o que algumas pessoas têm e pensar que Deus está do lado deles, mas as vezes nós humanos esquecemos que o que tem valor verdadiero não podemos obter com dinheiro... e sim, cada um tem um relacionamento particular com Deus. As vezes não podemos ver nem entender o trabalho de Deus, mas por isso existe fé!
    Está de parabens! Gostei muito do seu blog.
    Um abraço!