quarta-feira, 2 de agosto de 2006

Um novo livro de Escrituras Bahá’ís

Acaba de ser publicado um novo livro de Escrituras Baha’is; tem o título "The Tabernacle of Unity" (O Tabernáculo da Unidade) e contém cinco epístolas de Bahá’u’lláh, dirigidas a indivíduos de origem zoroastriana. Alguns excertos das epístolas agora publicadas já eram conhecidas; a famosa frase "Sois frutos de uma só árvore e folhas de um só ramo" surge na segunda epístola. No entanto, esta é a primeira vez que as epístolas são publicadas em inglês na sua totalidade.

As primeiras duas epístolas deste livro surgiram como resposta a questões de Manikchi Sahib, um diplomata que representava os Parsees da Índia na Pérsia. Manikchi Sahib tornara-se um admirador de Bahá’u’lláh, e decidiu colocar-lhe várias questões sobre assuntos religiosos. As restantes epístolas foram dirigidas a outros dos primeiros bahá'ís de origem zoroastriana que colocaram questões do mesmo tipo. Apesar destas epístolas terem sido dirigidas a pessoas de origem zoroastriana, as respostas de Bahá'u'lláh não se limitam à perspectiva zoroastriana.

Segundo Steven Phelps, um dos tradutores envolvidos neste trabalho, nestas epístolas "além de reafirmar os princípios centrais da Fé, tais como a unidade orgânica da raça humana, o carácter progressivo da revelação divina e a natureza mundial de pretensão profética de Bahá'u'lláh, os textos também apresentam novas perspectivas no debate sobre a fronteira entre o absoluto e o relativo na verdade religiosa. Talvez o aspecto comum mais importante destas epístolas seja o facto de exporem de forma eloquente a necessidade urgente da religião reclamar o seu papel como força unificadora e capaz de transformar o mundo."

A tradução do livro foi feita pelo Departamento de Pesquisa da Casa Universal de Justiça, a partir dos textos originais. O resultado obtido foi fruto do trabalho e dedicação de várias pessoas, que se esforçaram por seguir o estilo de tradução adoptada por Shoghi Effendi. Este pequeno volume de Escrituras é apenas uma pequena porção das Escrituras de Bahá'u'lláh, reveladas durante os quarenta anos do Seu ministério.

-------------------------
Notícia original (BWNS):
New volume of Baha'i sacred writings is published

4 comentários:

João Moutinho disse...

É sempre estimulante sabermos que já foi traduzida mais uma pequena parte da imensidão das Epístolas de Bahá'ulláh.
Por outro lado, mantemo-nos na expectativa de vermos quando é que os nossos amigos brasileiros vão realizar a tradução.
Outro aspecto desta tradução diz respeito ao facto de me fazer lembrar de que quando me declarei Bahá'í o Kitáb-i-Aqdas (Livro Sacratíssmo) ainda não estar traduzido. Ou seja, desde lá já ouve três Livros com os escritos traduzidos de Bahá'u'lláh.
Provavelente a comunidade Bahá'í está a ter um crescimento qualitativo que não é acompanhado na componente quantitativa.
Opiniões,...

SAM disse...

E mais uma boa notícia Marco: o texto estará brevemente em português!!!

Um abraço,
SAM

PS:
Agradeço a sua visita ao meu montezinho Qaf... e deixei lá a resposta.

Marco disse...

Joao Moutinho e Sam,
Eu gostava era de ver a tradução em português de Portugal.

João Moutinho disse...

Português de Portugal ou não houve (de haver) é com "h".