segunda-feira, 20 de novembro de 2006

Egipto: mais um adiamento...

Na sua sessão de hoje, o Supremo Tribunal Administrativo do Egipto decidiu adiar mais uma vez a decisão sobre o direito dos bahá'ís em verem correctamente identificada a sua religião em documentos de identificação oficiais. Foi marcada uma nova audiência para o próximo dia 2 de Dezembro.

Não foi uma decisão totalmente inesperada, atendendo à complexidade do caso e aos esforços de várias entidades, nomeadamente do Governo Egípcio que pretende mostrar perante o mundo que está empenhado em promover a democracia, garantir os direitos cívicos a todos os cidadãos, assegurar a liberdade religiosa e iniciar várias reformas constitucionais. O próprio Presidente Mubarak já tinha dado sinais neste sentido.

Mas em termos práticos o que acontece é que com mais este adiamento, os Bahá’ís Egípcios continuam a ver negada a atribuição de documentos de identificação oficiais. Lembro que a data limite para a renovação deste documentos é o dia 31 de Dezembro; após essa data, todos os cidadãos egípcios deverão possuir documentos de identificação emitidos pelo novo sistema informático (o tal onde é obrigatório registar a filiação religiosa e para o qual apenas existem três opções: Judaísmo, Cristianismo e Islão)

Ou seja: enquanto o tribunal vai adiando a sua decisão, os bahá’ís egípcios continuam a ver negados os seus direitos que supostamente são garantidos pela Constituição. A ausência de decisão apenas alimenta a injustiça.

------------------------------------
ACTUALIZAÇÃO:
Bilo, no blog Baha'i Faith in Egypt refere as reacções da imprensa egípcia a esta sessão do tribunal.

1 comentário:

filha_do_admin disse...

se tiver tempo, aqui a "filhinha" vai fazer uma coisa sobre uma conversa que tivemos ontem e que me ficou entalada na garganta :)