quarta-feira, 9 de maio de 2007

Sheik Bahai



O Ministério da Cultura Iraniano anunciou recentemente a realização do Dia da Memória da Arquitectura, um evento cujo objectivo é homenagear o trabalho do Sheik Bahai, um arquitecto persa que viveu alguns séculos antes da religião bahá’í ter aparecido naquele país.

O facto passaria despercebido não fosse um cartaz promocional do evento publicado pelo Ministério da Cultura Iraniano, ter sido impresso com a foto de 'Abdu'l-Bahá como Sheik Bahai. Os cartazes foram afixados na cidade de Kashan.

Quando num regime que se tem dedicado nos últimos anos a perseguir e estrangular financeira e culturalmente a comunidade bahá’í, os funcionários do Estado cometem uma gaffe destas... eu tenho de rir!

9 comentários:

Elfo disse...

Meu caro Marco, eu não rio porque consigo perceber por detrás da gaffe, aquilo que o nosso povo diz - por acaso de um provérbio árabe -, " Deus escreve a direito, por linhas tortas".
Os designios de Bahá são insondáveis, e até os próprios inimigos da Causa de Deus se têm portado ao longo dos séculos como instrumentos da vontade de Deus.

João disse...

Será uma gaffe ou uma mudança de politica?

Sam disse...

HAHAHAHAHAAHAHAHAHAH

Já me fizeste o dia!!! É brilhante!!!

Eles procuraram a palavra "bahá'í" nalguma base de dados e conseguiram a foto de 'Abdu'l-Bahá...

Lindo!

Elfo disse...

LANÇO DAQUI UM REPTO A TODA BLOGOSFERA PARA QUE TODOS, HOJE À MEIA NOITE FAÇAMOS UMA ORAÇÃO PELA PEQUENA MADELEINE PARA QUE DEUS PERMITA QUE ELA VOLTE PARA CASA SÃ E SALVA. PARA OS AMIGOS BAHÁ'ÍS, SUGIRO A "EPÍSTOLA DE AHMAD"

Marco disse...

João,
É gaffe, sem dúvida!

Pedro disse...

O(s) tipo(s) que cometeram esta gaffe, quando o governo Iraniano perceber o que aconteceu, vão ficar em muito maus lençóis.

Quanto à sugestão do Elfo, acho que sim, devíamos fazer isso. Embora este caso seja um entre muitos outros de sofrimento, mas já que teve tanta mediatização que partilhemos a nossa parte naquilo que possamos fazer, e a energia positiva da oração é sempre um bom caminho.

Há quem possa acusar os bahá'ís de só se preocuparem com o sofrimento e perseguição dos seus companheiros, nomeadamente no Irão, mas essa preocupação é mais notória porque se não formos nós a fazer algo quem o fará?

João Moutinho disse...

EHEHEHEH!

GH disse...

Ganda Noia!

star9br disse...

o coitado do homem que confundiu as bolas deve estar em maus lencóis!! rs