domingo, 16 de setembro de 2007

Dalai Lama na Mesquita de Lisboa

Um momento alto do diálogo inter-religioso

Um dos momentos mais especiais do diálogo inter-religioso em Portugal viveu-se hoje de manhã na Mesquita de Lisboa. No átrio daquele templo, o Dalai Lama, líder Espiritual do Budismo Tibetano, Mário Soares (presidente da Comissão para a Liberdade Religiosa), Abdool Magid Vakil (da Comunidade Islâmica) e ainda representantes Cristãos, Hindus, Judeus e Bahá'ís usaram da palavra perante algumas centenas de participantes.




Das diversas intervenções poderia destacar algumas ideias defendidas pelo Dalai Lama - figura central deste encontro - nomeadamente o facto da religião ser uma opção individual, e que a vida de cada indivíduo dever ser coerente com a sua opção religiosa; O líder Tibetano salientou que as religiões não podem ser julgadas pelos actos de maldade de alguns dos seus seguidores, pois existe pessoas capazes de actos de maldade em todas as religiões; outra das suas ideias centrava-se na importância de devermos ver cada ser humano como uma criação divina, e consequentemente merecedor de todo o respeito. Também de salientar as palavras do Padre Peter Stilwell, segundo as quais o factyo de existirem semelhanças éticas inegáveis entre as religiões, não nos deve impedir de reconhecer as diferenças entre estas.

Outros momentos interessantes deste encontro ocorreram com a libertação de pombas e durante alguns momentos de recolhimento e meditação na sala de orações da mesquita. Também não posso deixar de salientar a simpatia de todos os muçulmanos que nos receberam, assim como as palavras de enceramento proferidas por Abdool Vakil, onde citou a célebre frase de Ibn Arabi: “O meu coração abriu-se a todas as formas: é uma pastagem para gazelas, um claustro para monges cristãos, um templo de ídolos, a Caaba do peregrino, as tábuas da Tora e o Alcorão. Pratico a religião do Amor; qualquer que seja a direcção em que as caravanas avancem, a religião do Amor será sempre o meu credo e a minha fé.”

Pessoalmente tocou-me a intervenção representante da comunidade Bahá'í ter incluído uma oração. Quantas vezes se ouviu uma oração Bahá'í numa mesquita? Não há dúvida que este mundo está a mudar. Um situação curiosa verificou-se quando a comunidade islâmica, em sinal de apreço pela visita do Dalai Lama, ofereceu ao líder tibetano uma peça de cristal com uma inscrição alusiva ao encontro e onde estavam símbolos das religiões ali presentes. Perante o público, o líder budista identificou todos os símbolos e hesitou quando viu uma estrela de nove pontas. "What is this?" perguntou ele. Várias pessoas não hesitaram: "Baha'i". O Dalai Lama reagiu com uma gargalhada e um sorriso para o representante Bahá'í.

------------------------------------
Sobre este assunto:
Encontro junta religiões (SIC)
Encontro Inter-Confessional em Lisboa, Com a presença de Dalai Lama (Agência Ecclesia)
Encontro histórico carregado de simbolismo - Dalai Lama junta religiões na Mesquita de Lisboa (Correio da Manhã)
Sou um Defensor do Islão (Público, sem link)
Encontro inter-religioso "único e memorável" (Diário de Notícias)
Dalai Lama na mesquita, pela paz (Jornal de Notícias)

9 comentários:

Pedro disse...

Quer dizer que estiveste lá!? :-)
Muito bem, um momento histórico... a vários níveis.

Marco disse...

Pois estive.
E infelizmente esqueci-me da máquina fotográfica.
:-(

João Moutinho disse...

E os jornalistas preocupados com o Dalai Lama enqunato lá estavas...lastimável a sua atitude.

Marco disse...

Joao,
Essa não percebi.

Eu disse...

E o Dalai Lama deu uma gargalhada...
Grande honra...!!!
...

Marco disse...

A gargalhada não é uma honra.
É apenas uma sinal da descontracção e do ambiente que se viveu.
Ou és daqueles que pensa que a religião é uma coisa séria, de gente sisuda, e sem espaço para rir?

cartadosahba disse...

neste vídeo, a pausa do Dalai Lama antes de dizer "e entre os Bahá'ís também deve haver!" e começar a rir-se é hilariante... :D adorei o vídeo!! :)

Marco disse...

Sahba,
A imagem que fiquei do Dalai Lama é a boa disposição e um conjunto de ensinamentos muito parecidos com os ensinamentos baha'is.

ananda disse...

Estive lá, adorei tudo e por acaso apareço nesse video que escolheste. lol
Beijinho e obrigada pela visita ao meu blog!