quinta-feira, 26 de março de 2009

Investigar a verdade



"O que aconteceu ao avô do tio R.?" perguntou o meu filho com a sua curiosidade de quem tem 5 anos.

"Morreu", respondeu-lhe a tia

"E onde é que ele está?", retorquiu.

"Foi para o céu", esclareceu a tia.

"Para o céu?!... E não cai?"

A tia não foi capaz de responder.

E eu pensei cá para mim: "É assim que se começa a investigar livremente a verdade."

2 comentários:

filha do administrador disse...

cá em casa o lema é... virou estrela
e sabemos onde ela está se por acaso alguém tiver saudades e quiser olhar para ela
mas temos estrelas onde moram pessoas e onde moram cães ou periquitos, todos têm direito a estrela

Anónimo disse...

"E não cai?" Está reunida a condição suprema para investigar - estar completamente livre de conceitos, preconceitos e preceitos de qualquer natureza, incluindo erudições, tradições ou supertições.Vale mesmo a pena manter a pureza dos cinco anos e aceder à Fonte refrescante da vida.
Fátima