sexta-feira, 4 de março de 2005

Jejum: estou a tentar...

Estes dias do jejum dão-nos sempre a oportunidade de ser olhados como um "bicho estranho". Na verdade, para quem tem sempre bolachas e chocolates junto à mesa de trabalho, o facto de se fazer jejum dá um pouco nas vistas. Depois são as perguntas e comentários do costume: "Mas não tens fome?", "Porque é que fazes Jejum?", "Como é que consegues?" e também "Ainda cais para o lado!".

Creio que todas as religiões têm leis ou mandamentos sobre o jejum. As mais conhecidas devem ser o Ramadão (30 dias) e o Yom Kippur (aproximadamente 25 horas). No Cristianismo, apesar de não existirem leis prescritas delimitando o jejum, existe o relato do jejum de Jesus (durante 40 dias, antes de iniciar a Sua Missão); mas sabemos que existem dias de jejum e abstinência durante a quaresma.

O jejum baha'i consiste em abstinência de alimentos sólidos e líquidos, entre o nascer e o pôr do sol, durante 19 dias. Em termos práticos representa uma mudança de hábitos: almoço mais cedo e não como nem bebo nada durante o dia. Mas o jejum é mais do que esta mudança de hábitos alimentares: trata-se de um período de preparação espiritual para o novo ano (que se inicia a 21 de Março). De certa forma, o jejum é um acto de desprendimento e abstinência dos apetites do ego.

Nesta atitude espiritual subjacente ao jejum, está implícita a abstinência de comentários desagradáveis sobre qualquer outro ser humano. E aqui é que eu tenho dificuldade. Aliás, acho que qualquer pessoa tem essa dificuldade. O insulto, a provocação e o bota-abaixo quase fazem parte da nossa cultura. No nosso dia a dia, nas relações pessoais, nos contactos profissionais, e até numa simples consulta a um blog, encontramo-nos quase inconscientemente a proferir comentários desses.

Por este motivo, em vez de dizer que estou a fazer seja mais correcto dizer que estou "a tentar fazer jejum".

6 comentários:

Santos Passos disse...

Tu?! "Comentários desagradáveis"?! Não consigo imaginar.

Marco disse...

Ai não?
Então da próxima vez que vieres a Portugal vamos ao Futebol...
:-)

Elfo disse...

Eu já nem tento...
Espero que Deus me perdoe!

Ardina disse...

Desculpe lá, mas o Benfica está em jejum há anos e não anda por aí a anunciá-lo aos quatro ventos.

Marco disse...

Ardina: o meu jejum termina no dia 20 de Março. E o do Benfica? :-)

Ardina disse...

Quer combinar um almoço ou um jantar cá em casa, findo o jejum, com a sua família?