segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Conhecer outras religiões

Aquilo que, em tempos antigos, o Muçulmano poderia dizer ou pensar sobre o Cristão ou o Judeu já não se parece adequado. Aquilo que os Cristãos disseram anteriormente para repudiar sumariamente o Islão também necessita igualmente de ser reexaminado, sobretudo à luz da experiência que revela a graça e a verdade presente nos nossos vizinhos Muçulmanos. Esta mesma equação, acredito, aplica-se no caso daquilo que aprendemos quando estudamos tradições como o Judaísmo, o Budismo, o Hinduísmo, o Confucionismo, e os tradicionalismos Africano e Nativo Americano.

Paul F. Knitter, Introducing Theologies of Religions, p. 3

3 comentários:

Rui Almeida disse...

O papa Bento XVI procurou fazer isso (reexaminar o q os Cristãos disseram antes sobre o Islão) e olha a confusão q deu...

Rui Almeida disse...

No meu comentário faltou o factor principal... O q quis dizer foi: O papa Bento XVI procurou fazer isso no discurso de Ratisbona.

Marco disse...

Rui,
Eu tenho a certeza que quem não estava mesmo interessado em fazer esse tipo de re-exame de atitudes foram as pessoas e organizações que deturparam as suas palavras em Ratibosna, e fizeram um aproveitamento político disso.