quarta-feira, 2 de abril de 2008

A Mulher de César



Os media anunciaram hoje que Jorge Coelho - ex-ministro e destacado dirigente político - vai integrar a administração e da comissão executiva da Mota Engil, uma grande empresa de construção que tem ganho vários concursos de obras públicas.

Como diziam os romanos: “À mulher de César, não basta sê-lo [séria], é preciso parecê-lo”

3 comentários:

Pedro Fontela disse...

Que asco Marco!! Política assim não quero! Uma vergonha tanto para quem a pratica como para quem é conivente.

entãoéassim... disse...

Coitado! Mais um com incondicional espírito de "missão" e, sobretudo, de sacrifício. A vida é tão difícil... :-(
Vejam lá, até teve que sair dum programa televisivo devido a "crescentes compromissos de ordem profissional" e tudo. (Crescentes??? Direi "em flecha", que nem um tiro!!!)
Parece que terá dito "...a partir de agora a minha vida profissional vai ser mais activa". Só agora??? Bem, nunca é tarde para começar...
Ó, povo, ponde os olhos nestes exemplos da nossa mais rica nata: competentes e abnegadas criaturas! Não as invejais, pois nenhum de vós teria tamanha dedicação à causa (de quem, já agora?)!
Quando for grande quero ser como eles...

GH disse...

E depois admirem-se que a política está desacreditada, que os portugueses acham que os politicos são todos corruptos.