terça-feira, 3 de outubro de 2006

O Deus dos Criptoteólogos

Algumas das notas breves, sob o título "O Deus dos Criptoteólogos", de José Luis Cortés, no seu livro Um Deus chamado Abba.
----------------------------------------------

  • Existe no Antigo Testamento um Deus que convida urgentemente a repensar o que entendemos por Escritura revelada. Eu creio que Deus revela mais a reflexão sobre a Escritura, do que a Escritura em si, ligada a uma época e a uma linguagem determinadas.

  • "O temor a Deus é o princípio da sabedoria". Que sabedoria de principiantes aquela que se fica pelo temor!

  • Se o que te leva a não pecar é o temor a Deus, mais cedo ou mais tarde, arrepender-te-ás de não ter pecado.

  • Deus não existe para nos castigar, porque Ele não existem em função de cada um de nós. O nosso juízo final tem lugar a cada dia, a cada minuto, a cada acção nossa, a cada omissão.

  • A palavra "Deus" é uma palavra velha e desgastada, cheia de preconceitos; mas também continuamos a chamar "amor" a algo que, no fundo, é inominável.

  • Dedicar-se profissionalmente à teologia, é como dedicar-se profissionalmente a respirar.
  • 2 comentários:

    maria lagos disse...

    Concordo inteiramente com o autor do livro!

    Beijinho Marco e boa semana!

    dina disse...

    gostei imenso deste texto