quinta-feira, 7 de abril de 2005

O Passaporte

A figura seguinte mostra uma reprodução do passaporte emitido pelo Governo Persa para Bahá'u'lláh e Sua família, para a viagem que os levaria ao primeiro exílio, no Iraque.


Tradução:

Passaporte Impresso na Capital Suprema

Viajam com o portador quatro mulheres.
Levam consigo duas crianças do sexo masculino.

Mirza' Husayn-'Ali Nur-i

Número: (em branco)
Características: (em branco)
Idade: 35
Altura: Média
Olhos: Pretos
Sobrancelhas: Pretas
Barba: Preta
Bigode: Preto
Sinais Particulares: (em branco)

O portador deste passaporte é cidadão do Governo supremo do Irão. Por ordem de Sua Excelência o Primeiro-Ministro, está livre (dismissed) e vai viajar para os pavilhões supremos nos Santuários Sagrados[1]. Os guardas fronteiriços e oficiais de passaportes não devem impedir a sua passagem nas províncias, nas cidades e ou fronteiras, mas antes devem dar a devida consideração se necessário. A duração deste passaporte é de um ano, após o qual já não será válido.

Ano: 1269 [2]
Taxa: 500 Dinares

Por ordem escrita do Ministro dos Negócios Estrangeiros[3]
Emitido em Teerão, 1 Rabí'u'th-Thání[4]

--------------------------------
Notas
[1] - Santuários xiitas no Iraque, nas cidades de Bagdade, Najaf e Karbala
[2] - De acordo com o Calendário Lunar Islâmico
[3] - O nome do ministro está escrito à mão e não é perceptível na totalidade. Provavelmente será Mírzá Sa'íd Khán
[4] – Quarto mês do calendário islâmico. Há algumas dúvidas sobre se o dia é "1" ou "9". É quase certo que se trate do dia "1", pois este corresponde ao dia 12 de Janeiro de 1853, a data em que Bahá'u'lláh foi oficialmente exilado para o Iraque. (ver God Passes By, Shoghi Effendi, p. 108. Ver também The Revelation of Baha'u'llah, Adib Taherzadeh, 1975, vol: 1, p. 13.)

1 comentário:

Elfo disse...

Ó my dear friend, this is a dangerous path. The next step what is't?
Please...!