domingo, 12 de fevereiro de 2006

Vale do Silêncio



Mesmo quando a relva parece precisar de um pouco mais de chuva, este é um dos locais mais agradáveis do bairro dos Olivais, em Lisboa. Aos fins-de-semana enche-se de jovens a jogar futebol, idosos a jogar à bisca, gente que passeia os cães ou os filhos.

Este post serve de agradecimento a quem um dia trocou o azul deste céu pelo cinzento de Bruxelas.

8 comentários:

Pitucha disse...

Obrigada Marco.
E, de facto, Já vi o vale do silêncio mais verde...
Beijos

João Moutinho disse...

A minha juventude...

Descamisado disse...

Bem, mas não há coincidências, loll se a foto fosse mais à esquerda, lá estava a minha casa. Mi casa su casa ;) Juventude o que é isso, eu vi este vale ainda não era vale, era só um buraco. Bons tempos das coboiadas e dos futebois de sabado de manhã. Outras vidas...

Pitucha disse...

Mas, somos todos dos Olivais?

Marco disse...

Ainda falta o José Flávio Pimentel (do Ma-Schamba)!

Pedro Reis disse...

Já vi mais verde e já vi com mais pessoas. Não me digas que tiras-te a foto no fim-de-semana?!

Havia dias em que nem se arranjava lugar para fazer o nosso jogo da bola. Das últimas vezes que tenho ido lá fazer jogging não se vê ninguém. Sinais dos tempos...

Já agora e a proósito de sermos todos dos Olivais, nem todos nós aqui somos bahá'ís, mas já agora um à parte, os Olivais deve ser o Bairro de Lisboa onde vivem ou viveram mais bahá'ís. Curiosidades!

Marco disse...

Pedro,
A foto foi tirada no sábado, à hora de almoço.
Geralmente, nos fins de semana, a meio da manhã e a meio da tarde, aquilo está cheio.

Anónimo disse...

2006 deve ter sido a fase "negra" do vale, que inspirava pouca confiança e era frequentado por indivíduos de presença duvidosa.

Deverá agradar saber que actualmente não é mais assim. Embora ainda falte algumas coisas, hoje é frequentado por todo o tipo de pessoas, de todas as idades, todos os dias, que ali se dedicam a variadíssimas actividades, mais que não seja descontrair.

A ciclovia firmou definitivamente a presença de ciclistas mas também facilita o skate ou a patinagem. Faz-se jogging, futebol,etc e instalaram uns equipamentos para exercitar determinados músculos.

E é um local onde existe grande possibilidade de avistar regularmente a polícia montada.

Ainda não está perfeito, tem muito lixo no chão, só a zona central tem requisitos mínimos de limpeza. O quiosque ali colocado faz as pessoas mais porcas, as mesas de merenda estão cada vez mais vandalizadas e com grafitty feito com verniz e fazia falta um equipamento para streching ou abdominais, pois os desportistas usam as mesas para o efeito.

Mas tem lados bons, que é a própria beleza do vale. Os sons, as cores, a brisa: o seu efeito anti-stress no final do dia é melhor que qualquer comprimido.