sábado, 28 de fevereiro de 2009

Ryanair: Quem vai ao ar, alivia-se em terra!




Segundo o Público, a irlandesa Ryanair, uma das maiores companhias aéreas "low cost" a operar na Europa, poderá começar a cobrar aos passageiros pelo uso da casa-de-banho durante o vôo. Imagino que o novo slogan da companhia seja qualquer coisa do tipo: "Quem vai ao ar, alivia-se em terra"

2 comentários:

entãoéassim... disse...

Eh, eh!
Ou isso ou vai de fraldas! Mas não descartáveis, já que sugerem que voltemos ao tempo da outra senhora: fraldas de pano, mais ecológicas (e muito práticas, nos dias que correm...)!!!

SAM disse...

Há muitos anos que digo que a Ryanair só falta informar que quem quer máscaras de oxigénio e coletes salva-vidas deve pagar mais uma taxa X por eles.

Agora, essa das casas-de-banho, pôs-me a pensar... Ainda vão ter dois preços diferentes: preço no momento da compra da passagem (1€ por utilização prevista) e um leitor de notas à entrada da casa-de-banho microscópica, cobrando 5€ por utilização no momento, sem a devida reserva :p