segunda-feira, 31 de maio de 2010

Uma ordem social sustentável

Uma ordem social sustentável caracteriza-se, entre outras coisas, por uma ética de reciprocidade e equilíbrio em todos os níveis da organização humana. Uma analogia pertinente é o corpo humano: aqui, milhões de células colaboram para tornar a vida humana possível. A impressionante diversidade de formas e funções liga-as num longo processo de dar e receber. Trata-se da mais alta expressão de unidade na diversidade. Nessa ordem, o conceito de justiça está consubstanciado no reconhecimento de que os interesses do indivíduo e da comunidade em geral estão indissociavelmente ligados. A busca da justiça no quadro da unidade (na diversidade) proporciona uma guia para a deliberação e tomada de decisão colectivas, e oferece um meio pelo qual se pode atingir a unidade de pensamento e acção.

--------------------------------
Excerto do documento Rethinking Prosperity, Baha’i International Comunitiy, 2010

1 comentário:

Eduardo Marculino disse...

Parabéns pelo excelente trabalho realizado aqui.

Escolhi como blog da semana no História Viva, se desejar retire o selo no endereço http://historianovest.blogspot.com/2010/06/blogs-da-semana.html

Abraços e boa tarde