segunda-feira, 23 de maio de 2005

Feriado!



Hoje é feriado Baha'i. Comemoramos o dia em que o Báb declarou a sua missão ao seu primeiro discípulo. Foi na Pérsia, na cidade de Shiraz, que em 1844, na noite de 22 para 23 de Maio se viveu o primeiro acto das religiões Babi e Baha'i.


ACTUALIZAÇÃO

Ver aqui uma pequena apresentação (em Flash) feita pelos Baha'is de Nova Iorque a propósto deste dia.

10 comentários:

Anónimo disse...

Que linda foto Marco! Acho que vou roubá-la para o futuro! Não te importas, pois não? Bom feriado!

Beijinho Maria Lagos

Marco disse...

Eu também a "fanei"! :-)
Como diz o povo, "Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão!"
Eh eh eh eh
Bom feriado para ti também.

Elfo disse...

E eu vou roubá-la de seguida.

Anónimo disse...

"O Caminho dos Reis" mostrado na foto...
Felizmente para mim que os Reis que foram chamados não deram ouvidos ao Rei dos Reis, assim pude eu passear durante ano e meio naquele caminho.

João Moutinho

pinto ribeiro disse...

não é pérsia. É REPÚBLICA ISLÂMICA DO IRÃO...por muito que te custe.

Marco disse...

Pinto Ribeiro,
Em 1844 o país chamava-se Pérsia; só no século XX é que se passou a chamar Irão.
Por muito que te custe... a história não se reescreve.

pinto ribeiro disse...

precisamente caro Marco...mesmo constatando que vocês para além de islamófobos gostam muito do passado. o Irão para vocês é sempre há 200 anos atrás.mas a fotografia é bonita. muito. 1 abraço.

pinto ribeiro disse...

precisamente Marco. mesmo constatando que vocês para lá de islamófobos e pró sionistas andam sempre no Irão 200 anos lá atrás. mas a fotografia é bonita. muito. 1 abraço.

Anónimo disse...

Pinto Ribeiro,

Não me parece que alguma vez possamos ser considerados islamófobos. Na realidade, uma das nossas crenças fundamentais é que o Islão é uma Religião divinamente fundada pelo Apóstolo de Deus Maomé, O Sêlo dos Profetas.
Assim, para um ocidental que nasceu no seio da religão cristã (ou inspirado por ela) e queira aceitar a Fé Bahá'í terá de aceitar de forma inequívoca a Revelação Maometana.
Algo que muitos Bahá'ís iranianos fazem questão de frizar às autotidades do seu país quando são julgados por crime de blasfémia ou apostasia, é que estão a contribuir para que o mundo na sua universalidade reconheça Maomé.
Tal como disse o Marco, na altura o país chamava-se Pérsia e agora é República Islãmica do Irão, não é algo que nos custe nada. Ao fim e ao cabo a passagem do nome para Irão (terra de arianos), de entre outras razões, foi uma forma de o Xá pretender demarcar o seu país do árabes.
Nós não somos pró-sionistas nem somos o oposto.
Aquilo que se passa é que as Profecias divinas se cumprem, independemente da vontade dos homens.
"A Lei virá de Sião", é assim que está profetizado, tal como o Senhor dos Exércitos "juntará os filhos de Israel".
Temos tanto a ver com o retorno dos judeus à Terra Santa com a vinda de Bahá'u'lláh, como temos a
ver com a sua expulsão após a crucificação de Jesus.

João Moutinho

pinto ribeiro disse...

Caro Jõao. eu até conheço muçulmanos islamófobos...alguns, em lisboa, bem conhecidos e com pretensa autoridade...o Islão só os atrapalha e incomoda. abominam-o em cada gesto do seu quotidiano, em cada palavra que pronunciam. mas enfim.