terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Telescópio descobre 461 candidatos a planetas

"Sabe tu, que cada estrela fixa tem seus próprios planetas, e cada planeta, suas próprias criaturas, cujo número homem algum pode calcular." -- Bahá'u'lláh 

* * * * * * * * * 

No Jornal Expresso, hoje:

A NASA anunciou que o telescópio espacial Kepler identificou 461 novos candidatos a planetas.

São 461 candidatos a novos planetas, quatro deles com menos do dobro da dimensão da Terra, e acabam de ser descobertos pelo telescópio espacial Kepler, da NASA.

Os quatro planetas mais parecidos com a Terra orbitam estrelas a uma distância que os coloca na chamada zona habitável, isto é, na zona do respectivo sistema planetário onde poderá existir água no estado líquido à superfície do planeta que permita a emergência de vida.

Até agora o Kepler já detetou 2740 candidatos a planetas a orbitar mais de duas mil estrelas, mas as descobertas mais recentes mostram um aumento significativo do número de planetas de dimensões mais pequenas (próximas da Terra) e do número de estrelas com mais de um candidato a planeta.

Há também cada vez mais potenciais planetas detetados de dimensão mais pequena com órbitas de longo periodo semelhantes à Terra, o que significa que "já não se trata de saber se vamos encontrar uma gémea da Terra, mas quando isso vai acontecer", sublinha Steve Howell, cientista da NASA ligado à Missão Kepler.

Jack Lissauer, cientista planetário da NASA, explica por sua vez que "o grande número de sistemas com vários potenciais planetas encontrados pelo Kepler (467) mostra que uma parte substancial dos planetas extrasolares pertence a sistemas multiplanetários, o que é consistente com o que sabemos sobre o nosso próprio Sistema Solar".

Claro que há mais candidaturas do que certezas, porque até agora os astrofísicos identificaram "apenas" 900 planetas extrasolares.

2 comentários:

Cleber Lima disse...

Interessante esta notícia! Há exatos um ano atrás foram divulgadas noticias relacionadas de pesquisas que evidenciam que a ocorrência de planetas em torno de estrelas é regra e não exceção.

http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2012/01/quanto-planeta

http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/na-via-lactea-planetas-em-volta-de-estrelas-sao-regra-e-nao-exce/n1597566209720.html

Cleber Lima disse...

Interessante Notícia! Há exato um ano atras foram divulgadas noticias relacionadas a este assunto onde pesquisas evidenciavam a ocorrência de planetas em torno de estrelas como regra e não exceção.

http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2012/01/quanto-planeta

http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/na-via-lactea-planetas-em-volta-de-estrelas-sao-regra-e-nao-exce/n1597566209720.html