quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Ouro Olímpico para um Bahá'í português!!!



Parabéns, Nelson Évora!

Nélson Évora conquistou a primeira medalha de ouro para Portugal nos Jogos Olímpicos de Pequim. O atleta, no salto triplo, alcançou a marca de 17m67 no seu quarto ensaio. Esta foi a segunda medalha do nosso país na China, após a de prata conquistada por Vanessa Fernandes no triatlo.

Nélson Évora não precisou de fazer o seu último salto para alcançar a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim. A marca do triunfo surgiu no quarto ensaio, com o português a registar 17m67.

Quando soube que tinha sido campeão, o atleta foi cumprimentar o treinador João Ganço entre lágrimas, numa clara demonstração de reconhecimento.

Évora, um dos poucos atletas nacionais que confirmaram as esperanças dos portugueses em si, não tremeu na final e logo no segundo salto registou 17m56, demonstrando que seria ele o alvo a abater.

No entanto, Phillips Idowu respondeu com 17m62 no terceiro salto e relegou o português para o segundo lugar.

Mas Évora reagiu e alcançou no salto seguinte a marca que lhe valeu o ouro, 17m67. O britânico ainda procurou no sexto ensaio superar o registo do português, mas acabou por falhar o seu salto, entregando o ouro ao português, que, recorde-se, também é o actual campeão mundial.

(via Diário Digital)

-------------------------------------------------

ACTUALIZAÇÃO Nº1:
Muito se tem dito e escrito sobre os insucessos de diversos elementos da equipa olímpica portuguesa nestes Jogos Olímpicos de Beijing 2008. Para os que não hesitam em criticar esses atletas, lembro que há quatro anos atrás, Nelson Évora também foi infeliz na sua participação nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004. Tenham cuidado com o que dizem e o que escrevem. Podem estar a condenar futuros campeões olímpicos.

ACTUALIZAÇÃO Nº2:
Como nota de curiosidade, registei que nas últimas 12 horas, o GoogleBlogSearch identifica quase 500 referências a Nelson Évora. Aqui ficam os links dos blogs baha’is que fazem referência ao sucesso do nosso campeão olímpico:

Barnabas Quotidianus: Olympic gold for triple-jumping Baha’i (Note-se o fair-play britânico)
Bahai Views: On Best Ba-ha’i and Long Jumper in the World: Evora wins gold
Befriend Stranger: Olympic gold for a Portuguese Baha’i
Sharing is Caring: Baha’i takes Olympic Gold
Baha’i Perspectives: Hail the Olympic Hero!
Baha’i News UK: Bahá’í wins Olympic Triple Jump Gold
Mauxito: Bahá'í Olympics Gold Winner
Mulheres na Nova Era: Atleta Bahá'i traz ouro olímpico para Portugal
Elfo Verde: Campeão Olímpico
Estrellas del cielo del entendimiento: Nelson Evora - Bahá'í Gold Winner
La Fede Baha'i - Bassano del Greppa: BAHA'I MEDAGLIA D'ORO ALLE OLIMPIADI

5 comentários:

Elfo disse...

Nelson Évora e João Ganço mostram-nos o que se pode fazer quando se tem Fé,Perseverança, Coragem e Determinação.
Fizeste-me ganhar 50 euros, no fundo era dinheiro fácil e não o quis receber. Apostar em ti era fazer batota.

entãoéassim... disse...

Parabéns Nelson Évora e João Ganço! Devemos todos estar gratos por este título, devemos todos estar transbordantes de alegria e orgulho!
De lamentar que os nossos atletas (não estou a falar de futebolistas!!!...) não tenham o reconhecimento, protagonismo e apoios que merecem. Até quando???
Parabéns a Vanessa Fernandes, a Gustavo Lima, a Neide Gomes e a todos os outros participantes, independentemente dos resultados, excelentes, bons ou menos felizes.

Anónimo disse...

Quantos muçulmanos já ganharam medalhas?
Qual a percentagem?

Marco disse...

Anónimo:
Não sei de nenhum muçulmano português que tenha ganho uma medalha nos jogos olímpicos.
:-)

iuri disse...

Anonimo, sugiro que leia este artigo desde mesmo blog